Dicas de desenho para iniciantes

Pintura

Desenhar é algo que todos experimentamos quando somos crianças. Todos nós éramos principiantes. Todos nós começamos a desenhar entre 1-6 anos quando estamos desenvolvendo nossas habilidades motoras e coordenação, mas em algum lugar ao longo do caminho a maioria de nós parar de desenhar à medida que crescemos.

Na segunda classe, havia um miúdo talentoso que era o melhor a desenhar em toda a turma? Podias ter pensado que o título “artista” estava reservado para o teu colega de turma, e por isso decidiste parar. Você poderia ter sido mais talentoso em esportes, matemática, ou escrita e focado nesses assuntos em vez disso.

Isso acontece quando crescemos e começamos a comparar nossos pontos fortes e deficiências com os outros. Mesmo que, secretamente, queiramos ser bons a desenhar.

Todos temos de começar por algum lado. Acredito sinceramente que todos podem aprender a desenhar, mesmo se parares quando estavas no segundo ano, e agora tens 18, 25, ou mesmo 60 anos. Saber o que fazer ao começar pode ter um grande impacto no seu progresso.

Tive muita sorte em criança porque os meus pais me encorajaram a desenhar. Não importa a pouca habilidade que eu tinha, com cada imagem que eu lhes mostrava, eles exclamavam: “Uau! És o meu pequeno artista!”

A minha primeira memória de desenhos foi quando tinha 6 anos. Adorava desenhar pássaros, flores, gatos e cães. A mania dos Pokemon começou, e eu colecionei cartões de Pokemon. Lembro-me de estar tão inspirado na arte dos cartões que tentei copiá-la exatamente. À medida que cresci, continuei a desenhar sem instruções de um professor de arte.

Só quando comecei a ir para a faculdade é que percebi que não era tão bom como alguns dos outros alunos de arte nas minhas aulas. Ainda nem estava perto do nível deles. A minha compreensão dos fundamentos básicos estava em falta, e eu achei difícil de acompanhar. Apesar de ter desenhado durante a minha infância, senti-me um principiante.

Se eu voltasse atrás no tempo e ensinasse o meu eu mais novo, daria a mim mesmo estas dicas de desenho. Agora, eu vou compartilhar essas dicas com você!

Levar um livro de esboços

Um caderno de desenhos é o teu recreio. É onde se pode praticar e experimentar.

Pratique o máximo que puder carregando um livro de esboços de viagem para onde quer que vá. Você pode encontrar um pouco de descanso aqui e ali. Isso pode ser enquanto você está esperando a aula para começar ou andar de ônibus. Ao fazê-lo, você vai ter o hábito de desenhar muitas vezes a persistência da memória quadro.

Quanto mais você pode encontrar oportunidades para atrair mais prática você pode colocar em.

Ele também lhe dá a capacidade de esboçar e tomar notas do que você vê na vida. Manter um sketchbook disponível como este ajudará a registrar e tomar notas de suas próprias observações.

Como um iniciante, você vai começar a fortalecer suas habilidades de observação e colocar no tempo e esforço. Tudo começa com um livro de esboços disponível.

Observar da vida

Desenhar a partir de imagens é muito útil, mas ver o assunto da vida real na sua frente é melhor. A vida Real é a melhor referência que um artista tem.

Leva tempo para desenvolver suas habilidades de observação. Inspire-se no mundo à sua volta e observe da vida. Quando você tira da vida, ela ensina como ver e analisar os sujeitos. Vais começar a ver o mundo com novos olhos. Quando você tira da vida, ela nos liberta de nos preocupar com o “estilo” e dá uma base para construir para a arte imaginativa.

As grandes formas vêm primeiro

Comece com as grandes formas globais e não se deixe apanhar com os detalhes muito cedo. Se você começar com os detalhes Pode Demorar Mais tempo, sem os resultados desejados.

Isto alguma vez te aconteceu? Desenhas um olho incrível e depois vais desenhar o outro e estraga todo o desenho. Nem aquele olho incrível pode salvar o desenho. UGH!

Em vez de desenhar que um olho perfeito, bloquear em ambos os olhos na forma da cabeça e estar ciente de sua colocação geral no crânio e relação um com o outro.

Comece com a imagem geral e trabalhe seu caminho até os detalhes. Use formas e formulários simples para bloquear o desenho. Ao fazer isso, você evitará gastar muito tempo desenhando detalhes apenas para apagá-los, porque eles não se encaixam com o resto do desenho.